Buscar
  • Rosângela Aguiar

Maria, a inocente útil e o gosto amargo da ignorância


Sessenta e um anos. Aposentada. Avó. Arrimo de família. Maria é como milhões de brasileiros e brasileiras. Ela estava feliz e indignada ao mesmo tempo. Feliz ao ouvir a notícia (provavelmente na TV Globo em um de seus plantões da tarde) de que o ex-presidente Lula, o mais popular que o pais já teve em sua historia, com mais de 80% de aprovação popular, foi condenado no dia 12 de julho, há nove anos e meio por “corrupção” e lavagem de dinheiro. Indignada porque não foi preso. Partiu de ônibus da periferia da cidade para a sede da Policia Federal para exigir a prisão do ex-presidente. E ignorando solenemente, como mais uma brasileira inocente útil, a aprovação da Reforma Trabalhista que retira direitos dos empregados, parte para o protesto e ignora que a Policia Federal nada pode fazer se a Justiça não decretar a prisão após a sentença transitar em julgado.

Maria, como uma boa inocente útil produzida pela manipulação de informações, reclama do sucateamento do Brasil. No entanto, não reclama da Reforma Previdenciária, não reclama e muito menos protesta contra a Reforma Trabalhista aprovada na calada da noite por um Congresso repleto de ladroes e corruptos.

Maria também não foi para a porta da Policia Federal e tão pouco bateu panelas para protestar contra a absolvição, pelo Supremo Tribunal Federal, do senador Aécio Neves, comprovadamente corrupto, que levou R$ 2 milhões de propina, teve helicóptero pego com 500 quilos de cocaína. Ignora e também não protestou e nem bateu panela ao noticiarem as provas de corrupção do presidente golpista Michel Temer. E ignorou tantos outros fatos e informações de políticos corruptos.

E ao assistir ao trailer do filme sobre a operação lava jato e ouvir um dialogo de um dos delegados quando questionado sobre a investigação ser seletiva e ele responder que não, apenas seguem provas, chego a triste conclusão que sim, a investigação foi e continua sendo seletiva. As condenações são seletivas, os protestos são seletivos e tem apenas um alvo. O PT. O Lula e os que são próximos a ele.

Me chamem de petralha, esquerdista, tonta. Digam que e mimi. Eu não ligo, por que sei que não sou nada disto e muito menos estou fazendo mimi. Estou triste por ver o capital sobrepor o humano, de ver que no final, por mais que a gente esbraveje, tudo tem em seu inicio o capital, a mais valia, porque vivemos a ditadura do capital há séculos, tudo continua como dantes no quartel de Abrantes. Os ricos vão continuar ricos e os pobres vão continuar pobres e esta distancia entre quem tem e quem não tem dinheiro neste pais apenas aumenta.

Enquanto a turma da Maria e de milhares de inocentes uteis festejam a condenação do ex-presidente Lula, lá em Brasília os políticos corruptos como o presidente golpista, festejam mais uma vitória. A primeira foi a retirada dos direitos do trabalhador assalariado que move a maquina do capital.

E esta noticia deixa sabores diferentes. Para uns é como o doce sabor do mel. Para outros deixa o amargo do jiló. E o que seria de nossas vidas sem o equilíbrio entre o doce do mel e o amargo do jiló. Busquemos o equilíbrio dos sabores, o equilíbrio das ações e pensamentos.

E enquanto não conseguimos este equilíbrio, tenho um pedido: Para o mundo, eu quero descer. To realmente cansada disto tudo. Vou pra Narnia, la eu acho que serei mais feliz.

#foratemer #lula #pt #pessoas