Buscar
  • Rosângela Aguiar

Sabor da alma...


“Entre a raiz e a flor, há o tempo”, já dizia o saudoso Carlos Drummond de Andrade. E é preciso aguardar o tempo para germinar, crescer. Florir. E assim a vida segue seu fluxo no canteiro de temperos da vida. E é também este tempo que leva algumas coisas. Outras levam tempo para acontecer, crescer, amadurecer. E como acompanhar este tempo? Com o exercício constante de algo que poucos possuem de verdade: paciência.

Ah.. a paciência... Uma virtude do ser humano baseada no autocontrole emocional, quando suportamos situações desagradáveis, injúrias, incômodo de terceiros sem perder a calma e a concentração. É também a arte de ter tolerância com os outros, em especial, aos erros dos outros e aos nossos mesmos. É perseverar em algo que está fazendo ou pensando. Não é uma virtude que todos possuem, e eu estou entre os que não possuem mas sim entre os que buscam.

E nesta busca descobri na culinária e na arte de cuidar das plantas uma qualidade inexistente em mim. Cozinhar é um ato de amor. Fazemos para alimentar outras pessoas e animais. Cozinhar é uma arte. Ao decorar um bolo, ao medir a quantidade certa dos temperos e dos ingredientes. Cozinhar então traz o sabor da alma de quem cozinha.

Se a comida fica salgada talvez seja porque estamos com a alma salgada demais. Se ficar azeda demais, porque estamos azedos. Se fica doce é porque estamos doces. Se a receita desanda e erramos a mão na massa é porque estamos bagunçados em nosso interior e isto passa para a comida que fazemos e consequentemente, para quem as saboreia. É o sabor da nossa alma que fica em cada prato que fazemos.

E nesta arte de cozinhar é preciso ter paciência para esperar o tempo certo de cozimento, da massa crescer, de assar por completo e sem queimar. É ter paciência para colocar o recheio sem transbordar, para decorar o doce ou bolo com esmero. Se a comida tem o sabor da nossa alma, quanto mais bonita e tranquila ela estiver, mais as pessoas vão querer, porque comem com os olhos e também com a alma.

#alma #amor #comida #entrepalavrasesabores

apoie
No Brasil de Jair Bolsonaro, com a ascensão da censura e ataques recorrentes à mídia, o jornalismo independente se torna mais importante do que nunca. Não podemos nos calar.
Para isso, precisamos de você! Apoie o Jornal Metamorfose, jornalismo combativo e independente.
 
APOIE O JM!