Buscar
  • Triz Cavalcanti

Mulher ideal


Tape esse decote

Cubra as pernas

Não corte seu cabelo

Mas corte seus pelos

Não use batom vermelho

Use maquiagem

Emagreça

Engorde

Alise seu cabelo

Prenda se for crespo

Mude de calçada se necessário

Se sangrar esconda

Submissão em primeiro lugar!

Se for assediada é porque não seguiu a risca esse passo à passo.

Com mulher só funciona se for na base do não:

Não fale

Não discuta

Não pense

Não opine

Não grite

Mas sorria.

Não esqueça de se comportar

De saber se portar.

Apesar da dor

Do abuso

Dos estupros

Da discriminação

Da opressão:

Sempre sorria,

Sorria sempre!

Bruxa

Vadia

Prostituta

Vitimista

"Seu short curto é um convite"

"Batom vermelho é coisa de biscate"

– Coitada dá Joana que foi violentada ...

– Coitada, que nada! Você já viu o jeito que ela se veste?

Violentada, abusada.

Abusada não, explorada!

Mas exploração é cultural

Outrora exploraram

Nossas índias

Nossas pretas

Nossas trabalhadoras

Nossas árvores

Nossa natureza

Nossa terra

Nossa riqueza

Nossas vidas

Nossos sacos

Nossos paus

Nossa senhora!

Limparam nossos bolsos

Assim como limparam nossas almas

Nossas fontes assim como nossas mentes

Nossas matas

Como nossos corações

Que se tornaram de pedra

Selva de pedra,

Coração de pedra,

mulher de aço,

Mundo de lixo,

Sociedade misógina

Que vale menos que bosta.

Lugar de mulher é

Oprimida dentro da cozinha

Mas pare

Olhe

E sorria!

Hoje é seu dia vadia

Seu dia bruxa de ser

Queimada em praça pública!

Seu dia índia de ser

Estuprada na sua floresta do lado de casa!

Seu dia escrava de ser

Vendida e objetificada!

Extra!

Extra!

Hoje MORRE MAIS UMA prostituta espancada .

Por causa das misóginia Do dia-a-dia

Morre mais de três meninas

De hemorragia

Nem sempre pela vagina

Duas por hipocrisia

Uma por agressão

Que no nosso cotidiano

Vai se tornando monotonia.

#poesia #poema #lutadasmulheres #mulher #feminicidio #feminismo #homens #guanabara