Buscar
  • Gabriella Campos

Escola para crianças


Afrescos Da Alma

A escola da vida não existe

algo, coisa, se aprende na escola

alguma coisa boba, boa

na vida, viver se aprende só

sozinho, indo e vindo

mestre desde menino.

Retrucai-a

Eu gosto de falar da vida

deliberadamente falo

eu não à poupo em palavras

que nem sempre são margaridas

ela também não me evita

quando vem e me cutuca

lá nas margens da ferida

portanto, não lhe darei margaridas.

Ceticismo da alma

Imaculada e benévola senhora

dentre divindades e congêneres

compadeça dos seus que lhe confiam

acode em misericórdia aqueles que caíram

há tanta gente apodrecida

a alma dilacerada em carne viva

permitindo o sabor do espirito amargar

que a vida não parece perseverar

mentes perseguidas e doentes

os maiores agora se armando até os dentes

corpos definhados em angústias

soam para demônios como as mais belas músicas

a alma uiva e para longe pairam as lamentações

outra vez, toda a avareza se transforma em canções

num sopro ensurdecedor no mar noturno

nada pôde resvalar-te do importuno

nas margens do abismo degradante

nem voz, nem luz, me elucidam como antes

desperta em meu peito o medo de criança

lá se vai entre as águas a crença e a esperança.

#afrescosdaalma #poesiamarginal #poesia