Buscar
  • Metamorfose

Parasita

Cinema

Não matem os ricos, se alimentem deles!



Parasitas são organismos que para sobreviver precisam viver em associação com outros seres, quais retiram os seus meios para a sua sobrevivência, normalmente causando algum prejuízo para seu hospedeiro.


Parasita é o mais novo filme do diretor sul-coreano Bong Joon-ho (Expresso do Amanhã e Okja), ele traz questões de luta de classe a tona com suas metáforas visuais e narrativas. Ao invés de matar os ricos, porque não nos alimentarmos deles? Essa oportunidade surge para o personagem de Ki-woo ( Choi Woo-shik), que até então sobrevivia montando caixas de pizza com sua família, até o momento que seu amigo traz a oportunidade de uma tutoria em aulas de inglês para uma riquinha chamada Da-hye (Jeong Ji-so) que ele não pode recusar, desenrolando toda a trama do filme.


Como o próprio filme brinca desde o começo, e tudo muito metafórico. Ele abre focando na janela do porão onde mora Ki-woo e toda sua família, o que é muito importante para a trama do filme, e foca na relação deles, como trabalham unidos apesar da adversidade e da pobreza, para continuarem a sobreviver. Em contrapartida, quando Ki-woo consegue o emprego de tutoria dando aulas de inglês para Da-song (Jeong Hyun-joon) na casa da família Park, ela fica muito acima da terra, um lugar onde o sol toca.


O diretor brinca com vários gêneros durante do filme, vai de comédia para drama e não desperdiça uma tomada, tudo tem sentido e uma conexão! Vendo o filme por uma segunda vez, você vai notar todas as minúcias e pequenos toques na trama que ele dá desde a cena de abertura do filme.


Ele toca na relação dos ricos com os pobres e na necessidade da classe dominante ter a classe trabalhadora a sua disposição para seus trabalhos manuais, além da arrogância de se acharem mais dignos e especiais por apenas terem o poder sobre o capital. Como na cena que Yeon-kyo (cho Yeo-jeong) acredita que seu filho pequeno é um artista genial comparado a Basquiat, quando na verdade é tudo pretensão do menino. Os personagens se aproveitam dessas brechas ingênuas e arrogantes da família rica para se infiltrar em suas vidas e retirar o sustento que os vai manter vivos, mas algo inesperado muda todo o jogo, e vou deixar isso em aberto para vocês verem no filme, que depende das reviravoltas para entregar aquele soco no estômago.


Parasita sem dúvidas é um dos melhores filmes de 2019 e vale cada momento no cinema com ele, vai te fazer rir e chorar, assim como vai te fazer pensar: Quem são os parasitas?