• JM

#56: Devastação Ambiental e o Fim da Chapada dos Veadeiros

Rádio Metamorfose


Foi protocolado no último dia 2 de agosto em Goiânia um projeto de lei pela Câmara dos Deputados pelo deputado federal Delegado Waldir (PSL - GO) que pretende reduzir a área do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, localizado na região nordeste de Goiás, reconhecido internacionalmente pelas suas belezas naturais e preservação de um dos biomas mais frágeis do Brasil: o Cerrado.


O deputado ecocida visa sustar um decreto presidencial de 2017 assinado pelo então presidente da república, Michel Temer (MDB), que aumentou a área de preservação da unidade de 65 mil hectares para 240,6 mil hectares.


Um dos pontos levantados pelo deputado é que o aumento da área de preservação ambiental prejudica a agricultura na região.


Porém, para os ecologistas, a proposta é uma ameaça ao que restou do Cerrado nativo de Goiás, ainda mais em uma região que atrai milhares de turistas do mundo todo. Em 2001 o parque foi declarado pela Unesco como Patrimônio Mundial Natural.


E em um Brasil em chamas qual o governo trabalha diariamente para destruir o que restou de seus biomas, esse tipo de ação é mais um alerta sobre o poder de destruição do agronegócio.


E para conversar sobre isso, Victor Hidalgo, Lays Vieira e Julia Aguiar recebem no programa dessa semana Luciane Martins De Araújo, mestre em Direito, Doutora em Ciências Ambientais. Professora e pesquisadora da PUC Goiás. Autora de livros e artigos científicos sobre questões ambientais.


Com: Victor Hidalgo, Julia Aguiar, Lays Vieira e Luciane Martins de Araújo.

Assine o nosso feed e ouça o programa pelo Spotify! Também disponível no seu agregador de podcasts favorito.



Siga nossas redes sociais e acesse o jornal:


Instagram: @jornalmetamorfose

Twitter: @ometamorfose

APOIE O JM!

Faça uma doação para o jornal, qualquer quantia ajuda na nossa luta diária! Nossa chave do PIX é: sigametamorfose@gmail.com

Gostou do texto?

Com a ascensão da censura e ataques recorrentes à mídia, entendemos que o jornalismo independente se torna mais importante do que nunca. Não podemos nos calar.
Por isso precisamos de seu apoio, queride leitor. 
Apoie a mídia independente e ajude o JM a continuar publicando. Só podemos fazer nosso trabalho livre de amarras institucionais pois acreditamos que a imprensa deve se manter autônoma, para isso contamos com sua colaboração.  Você pode apoiar mandando uma doação para o PIX do jornal: sigametamorfose@gmail.com