Artistas independentes fazem shows intimistas e refrescantes no Teatro Goiânia

August 31, 2019

Bananada

Uma nova geração de artistas se apresentaram no teatro durante festival e nos surpreendem com sua arte

 

Foto: Bananada 2019

 

 

O teatro é um local único e especial para todos que se deixam levar pela experiência de estar ali, e assim desfrutar de um momento íntimo com a arte. A palavra surge do grego théatron, que significa “lugar de onde se vê” e no último dia 13 de agosto, vimos e usufruímos de um prazeroso encontro com a música autoral brasileira. Localizado no centro da cidade, no encontro das movimentadas Rua Tocantins e Avenida Anhanguera, o Teatro Goiânia foi inaugurado no dia 12 de junho de 1942, e por conta do Festival Bananada recebeu dois promissores artistas.

 

Mariana Froes de apenas 16 anos, é uma cantora goiana que fez um grande sucesso ao divulgar um cover da música ‘’Girassóis de Van Gogh", do rapper baiano Baco Exu do Blues, que hoje já alcançou mais de 13 milhões de visualizações. A artista abriu a noite com um show que mescla tanto suas músicas autorais quanto covers que a cantora divulga normalmente em suas redes sociais. Com composições interessantes, uma linda voz e uma banda capaz de transmitir a sutileza necessárias. Fomos surpreendidos por uma aconchegante surpresa.


Chico Bernardes, o mais novo cantor de sua família Bernardes, fez a melhor apresentação da noite. Com características que lembram e ao mesmo tempo se diferenciam muito da do seu irmão Tim Bernardes, realizou uma apresentação extremamente intimista com fortes traços de melancolia e sentimentos. Com um espetáculo que se dividiu entre o violão e o piano, o artista apresentou o seu mais novo trabalho que tem como título o seu próprio nome. No show somos conquistados por seu humor e assim variamos de boas risadas até os discretos sorrisos enquanto o artista canta uma de suas canções.

 

 

 

 

Se mostra de uma maneira cada vez mais expressiva uma cena de jovens cantores que trazem consigo parte da essência da música brasileira somada às particularidades e tendências que cada geração, em seu tempo, é capaz de mostrar. Chico e Mariana são apenas dois dos vários talentosos artistas que vêm surgindo no desenrolar da segunda década dos anos 2000.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

November 11, 2019

November 11, 2019

Please reload

Posts Recentes
  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

Apoie o jornalismo independente e contribua para que o Jornal Metamorfose continue a publicar.

Fale com a gente: sigametamorfose@gmail.com