• Larissa Rodrigues

Ato em solidariedade aos povos indígenas

São Paulo

Manifestação contra o garimpo em terras indígenas. Foto: Larissa Rodrigues


Na última segunda-feira (9), cerca de 300 pessoas protestaram contra o garimpo e contra a aprovação de leis que contribuem ainda mais com o genocídio dos povos indígenas. O ato foi organizado devido a morte de uma menina ianomâmi de 12 anos da comunidade do Araçá, em Roraima, dia 26 de abril.


A manifestação não tinha liderança definida e contou com a presença das etnias Tupinambá, Guarani, Ianomâmi e Xukuru. Os manifestantes se reuniram no vão do Masp e logo em seguida ocupou duas faixas da Avenida Paulista, porém, o plano era ir até a praça Roosevelt ou o até o Pátio do Colégio, só que, após diálogo com a polícia, foi acordado que as pessoas só poderiam ir até a Praça do Ciclista e se passasse dali a polícia iria reprimir fortemente os manifestantes.


Ao longo do ato, tiveram algumas apresentações de danças e músicas e, no final, alguns indígenas discursaram sobre o genocídio dos povos originários que se agravou ainda mais no governo atual.


Confira a fotorreportagem por Larissa Rodrigues:


Gostou do texto?

Com a ascensão do fascismo no Brasil, ataques à mídia se tornaram recorrentes. Documentos perdidos, subnotificação de mortos, censura nos dados sobre queimadas e desmatamento, retirada de direitos duramente conquistados: o contexto da realidade está sendo censurado nos monopólios midiáticos. Venha lutar com a gente! É com seu apoio que conseguimos manter o Jornal Metamorfose no ar. 

Apoie a liberdade de imprensa, ela só é possível com você, caro leitor.