• JM

Brasil

Poema

Brasil país do caos

Foto: Julia Lee


País do caos, que nós renega!

Desgraça de Pátria Amada,

Que idolatra só opressores,

Que ama apenas o patriarcado

É detém os transgressores.

Como mostrar-se otimista ?

Num lugar onde operário se

fode atrás das grades e

patrões regozijam-se de liberdade

Liberdade de alma é espírito

Liberdade essa, que nunca acabou,

Que sempre escravizou

Liberdade em tons vermelhos sangrentos

Nos alicerces dessa asquerosa nação

Escorre sangue nordestino e retinto

Enquanto nós faziam crer, em meritocracia

Esmagando a grande minoria

Num gigante moinho, roubado-nos,

Energia, suor e pão

Desvirginando nossos sonhos

Nós reduzindo a pó.

Ah, que ninguém nós dê piedosas boas intenções

Que ninguém nós peça explicações

Quando esse sistema cair

Vamos ver como se comportam ao temer nossa força

Que como uma onda se levantará, arrastando patriarcado

E tudo que mais for.

Gostou do texto?

Com a ascensão do fascismo no Brasil, ataques à mídia se tornaram recorrentes. Documentos perdidos, subnotificação de mortos, censura nos dados sobre queimadas e desmatamento, retirada de direitos duramente conquistados: o contexto da realidade está sendo censurado nos monopólios midiáticos. Venha lutar com a gente! É com seu apoio que conseguimos manter o Jornal Metamorfose no ar. 

Apoie a liberdade de imprensa, ela só é possível com você, caro leitor.