• Larissa Rodrigues

Protesto sofre censura em São Paulo

Manifestação

Ato #ForaBolsonaroMourão em São Paulo sofre com revista autoritária pela Polícia Militar, confira a reportagem fotográfica de Larissa Rodrigues

Manifestantes pedem "Ditadura Nunca Mais" em ato em São Paulo, 31.01.2021 - Foto: @riot_lari


Protesto pede impeachment da chapa Bolsonaro-Mourão no último domingo (31), na capital paulista. A concentração dos manifestantes estava marcada para acontecer no Museu de Arte de São Paulo (MASP), porém, o vão historicamente conhecido por ser palco de grandes mobilizações, estava repleto de policiais armados.


Pela quantidade enorme de policiais muitas pessoas acreditaram que a manifestação não ia acontecer e acabaram indo embora. As pessoas que ficaram se encontraram do outro lado da rua, e encontraram um cordão de policiais que revistavam os mesmos manifestantes mais de uma vez.


Além das revistas, também foi gravado os rostos e ações de todos os manifestantes, fazendo com que três coletivos fossem embora antes do ato começar, restando menos de 60 pessoas nas ruas. O ato começou bem depois do horário por conta de todos esses acontecimentos e seguiu com os coletivos "Juntas por Barueri" e a esquerda marxista de forma totalmente pacífica, mesmo assim a Polícia Militar seguiu gravando todos os que estavam presentes e pressionando psicologicamente os manifestantes.


Ao longo do ato, moradores dos prédios localizados na Avenida Paulista jogaram ovos que acertaram 2 pessoas da passeata, machucando o braço de uma delas, e os policiais se protegerão com os escudos.


O protesto chegou ao fim na Praça dos Ciclistas após discursos em oposição ao presidente, já o coletivo "Juntas por Barueri" distribui camisetas escritas #elenuncamais e foram pressionadas pela PM até saírem de lá, dando fim ao protesto.


Confira como foi o ato:

Fotos de Larissa Rodrigues para o Jornal Metamorfose.

Gostou do texto?

Com a ascensão da censura e ataques recorrentes à mídia, entendemos que o jornalismo independente se torna mais importante do que nunca. Não podemos nos calar.
Por isso precisamos de seu apoio, queride leitor. 
Apoie a mídia independente e ajude o JM a continuar publicando. Só podemos fazer nosso trabalho livre de amarras institucionais pois acreditamos que a imprensa deve se manter autônoma, para isso contamos com sua colaboração.  Você pode apoiar mandando uma doação para o PIX do jornal: sigametamorfose@gmail.com