• JM

RM#76: Evangelização da educação brasileira

Rádio Metamorfose


Eis que a imprensa descobriu que existe um "Gabinete Paralelo" no Ministério da Educação (MEC), comandado pelo pastor Milton Ribeiro. Após um áudio vazado, em que o ministro confessa que prioriza pastores, vídeos em que o ministro explica que a verba para a educação só chegaria aos prefeitos por intermédio de pastores alinhados ao Bolsonaro também tomaram a mídia.


O favorecimento dentro do MEC é mais um obstáculo na atual política educacional do país e vem pouco tempo depois da sequência de demissões do Inep, da desordenada atuação da CAPES e as demissões lá ocorridas e da recente saída de diversos assessores da consultoria jurídica, o que ressalta o perigoso período de desmonte do sistema de Educação nacional.


Para discutir o tema convidamos duas especialistas:


Miriam Fábia é doutora em Educação pela UFMG, mestre em Educação pela UFG, Licenciada em História pela UEG e realizou Estágio Pós-Doutoral na Universidade de Sevilha, na Espanha. Professora associada na Faculdade de Educação/UFG e docente no Programa de Pós-Graduação em Educação. Coordena o Grupo de Estudos e pesquisas em Políticas Educacionais e Juventude ( GEPEJ).


Laira Rocha Tenca é doutoranda em Ciência Política (IPOL-UnB), mestre em Ciência Política e Relações Internacionais (UFPB), membro do Conselho Municipal de Políticas para Mulheres da Cidade de Curitiba. Pesquisadora das temáticas de movimento conservador, religião e política, análise do discurso e políticas de gênero.



Escute agora:


Gostou do texto?

Com a ascensão do fascismo no Brasil, ataques à mídia se tornaram recorrentes. Documentos perdidos, subnotificação de mortos, censura nos dados sobre queimadas e desmatamento, retirada de direitos duramente conquistados: o contexto da realidade está sendo censurado nos monopólios midiáticos. Venha lutar com a gente! É com seu apoio que conseguimos manter o Jornal Metamorfose no ar. 

Apoie a liberdade de imprensa, ela só é possível com você, caro leitor.